Vem aí a quarta operadora de telefonia móvel

0
381

A Africell Global Holding Ltd venceu o concurso público para a atribuição do 4.º título global unificado para a prestação de serviço público de comunicações electrónicas em Angola, anunciou, nesta segunda-feira, o Governo angolano.

Os Ministérios das Finanças e das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social indicam que a atribuição a um novo operador do 4.º Título Global Unificado para Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas vai trazer maior concorrência ao sector das telecomunicações angolano e melhorar a qualidade dos produtos, serviços e preços, trazendo, assim, contributos relevantes para o crescimento económico e para a melhoria do bem-estar dos cidadãos.

O concurso público contou com duas fases chave, nomeadamente a de candidaturas que foi aberta a 30 de Setembro de 2019 e encerrou no dia 22 de Janeiro de 2020. A fase subsequente, de apresentação de Proposta Técnica e Financeira, decorreu no período de 02 de Março a 4 de Maio de 2020. A candidata única submeteu, no prazo estipulado, a sua proposta que foi alvo de análise e avaliação por parte da Comissão de Avaliação, considerando os critérios de adjudicação estabelecidos no Caderno de Encargos e no Programa do Procedimento.

Após uma análise minuciosa, a Comissão de Avaliação concluiu que a proposta da Africell respondeu de modo satisfatório às exigências das Peças do Procedimento, assim como aos interesses do Estado angolano, diz um comunicado de imprensa a que a nossa equipa teve acesso.

A operadora trará benefícios transversais a todos os sectores económicos do país, bem como para a população de forma geral e será factor relevante de projecção internacional e de contínua captação de relevantes investimentos estrangeiros directos para Angola. 

O comunicado felicita a Comissão de Avaliação pelo “excelente trabalho desenvolvido, pautando-se pelo rigor e transparência, assim como a todas as partes envolvidas no processo concursal”. A Africell está no mercado das telecomunicações há 18 anos, disponibilizando vários serviços a mais de 12 milhões de clientes. Em África está presente na Gâmbia, RDC, Serra Leoa e Uganda.

Após a conclusão da negociação e o provimento dos termos finais estabelecidos, à Africell será concedida a licença TGU, para operar no território nacional e celebrará com o Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) o respectivo contrato de concessão, selando, assim, o compromisso e a confiança no mercado nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here