Avó fica com o menino maltrado no Kilamba

0
46450

A Procuradora da República titular junto do comando municipal da Polícia de Belas, atribui a avó materna a guarda provisória do menino vítima de supostos maus-tratos no Kilamba

O caso do menino de 12 anos residente no Kilamba, vítima de supostos maus-tratos por parte da madrasta e que se tornou viral nas redes sociais e que foi noticiada ontem (25) no KilambaNews após uma denúncia anónima, está agora entregue ao Julgado de Menores.

De acordo com a procuradora da república titular junto do comando municipal da Polícia de Belas, Claudia Araujo o processo está numa fase de instrução e já foram ouvidos o pai e a madrasta do menor, o que permitiu apurar que a criança estava numa situação de risco e a acção tomada de imediato, foi retirar a Criança do seio do pai e provisoriamente a pessoa ideal para ficar com o menino é avó materna.

Os familiares do menor estão contentes com a decisão, poís já conseguem ver alegria no rosto do menino que supostamente sofria maus tratos por parte da madrasta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui