SIC efectua busca na casa do ex-director-geral do INEA

0
1576

O antigo director do Instituto de Nacional de Estradas de Angola, Joaquim Sebastião, foi convocado a comparecer hoje no Departamento contra Crimes Económicos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), para para prestar informações sobre o período em que geriu a empresa afecta ao Ministério da Construção. Até ao momento ainda não saiu do edifício no Kinaxixi, segundo informações o mesmo já encontra-se detido.

Afastado do cargo no início de Dezembro de 2010 pelo então Ministro da Construção e Urbanismo, Fernando Alberto de Lemos da Fonseca, Joaquim Sebastião foi ontem surpreendido na sua residência, em Talatona, por um grupo de mais de 10 elementos do SIC com um mandado de apreensão e busca.

Segundo garantem algumas fontes, durante a primeira investida, no período da manhã, os efectivos do Serviço de Investigação Criminal não terão levado qualquer documento ou bens depois de terem feito uma vistoria na residência do antigo director-geral do Instituto Nacional de Estradas.

No período da tarde, isto das 15 às 16 horas, segundo apurou a nossa fonte, os investigadores fizeram-se novamente presentes no mesmo local.

‘O SIC esteve lá com a intenção de levá-lo’, contou uma fonte, salientando que ‘não fazia sentido porque ele tinha a notificação para ser ouvido’ hoje no Departamento contra Crimes Económicos.

Ainda sem nenhuma medida de coação ou ter sido constituído arguido, sabe-se que Joaquim Sebastião deverá prestar informações apenas hoje sobre a sua gestão à frente do INEA, particularmente num período em que esta instituição jogava um papel importante no processo de reconstrução das estradas no país.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui