Sic desmantela rede de falsificadores de moeda

0
359

O Serviço de Investigação Criminal desmantelou, nesta segunda-feira, 01 de Junho de 2020, uma rede de falsificadores de moeda estrangeira, depois de intenso trabalho.

Composto por 11 elementos, dentre eles 6 efectivos da Polícia Nacional de Angola, a rede, segundo o SIC, actuava nos territórios de Angola e Namíbia. Refere que, parte do grupo falsificava a moeda na Namíbia e com a benevolência dos efectivos policiais introduziam no território nacional.

Refira-se que em posse dos 11 falsificadores foram apreendidos cerca de Seiscentos e Setenta Mil e Seiscentos Dólares americanos falsos, que seriam canalizados às províncias do Huambo e Luanda.

A detenção dos agentes policiais ocorre numa altura em que no País se vive um momento de combate à corrupção, impunidade e nepotismo, como bandeiras da governação do Presidente da República, João Lourenço.

Para o Presidente da República, João Lourenço, que faz questão de o repetir em, quase, todos os seus pronunciamentos públicos, a luta contra a corrupção e de todas as outras práticas nefastas não tem rosto, não escolhe pobre nem rico, pelo que a justiça deve ser implacável com todos, aplicando, apenas, a Lei.

Para além disso, o Ministério do Interior, essencialmente a Polícia Nacional, é dos organismos públicos em Angola que, na sua história, mostra-se implacável no que a responsabilização dos excessos diz despeito.

Entendedores da matéria referem que, a detenção dos efectivos do Cunene é mais um acto que simboliza o cumprimento da Lei por parte da superestrutura do Ministério do Interior e da Polícia Nacional, revelando, ainda mais, que ninguém está acima da Lei e a todos deve servir.

O Ministério Público já domina o caso e nos próximos dias vai avançar com o processo nos termos da legislação vigente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here