Segurança mata patrão por atraso salarial

0
4539

João Custodio (nome fictício atribuído pelo KN), segurança do estabelecimento comercial localizado no Bairro Bita Santo Antonio, município de Belas, matou, hoje pela manhã, o seu patrão.

O crime protagonizado pelo agente de protecção física da loja, segundo fonte do KN, foi motivada pelo NÃO pagamento dos salários em atraso. “Ele queixava-se da falta de alimentos em sua casa e que fazia grandes sacrifícios para chegar no local de trabalho”, contou a fonte que pede anonimato.

O autor recorreu a arma de fogo que utilizava durante o exercício da sua função. Depois de disparar contra o patrão, João disparou contra si mesmo, ou seja suicidou-se de seguida.

O filho do malogrado patrão presenciou a morte do pai.

info@kilambanews.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui