COVID-19: Mercados do 30 e Catinton registam enchentes

0
1244

Com o anuncio da existência 2 casos confirmados pelo COVID 19 no país, pelo Ministério da saúde, no último sábado 21 de Março. A nossa equipa de reportagem deslocou-se até aos mercados informais do Catinton e do 30, onde foi possível verificar um fluxo de clientes “anormal” que pretendiam levar para casa mantimentos necessários para sobreviverem a uma possível quarentena obrigatória.

Os clientes, afirmam na nossa reportagem que há uma grande especulação de preços devido o aumento da procura e que é importante a fiscalização fazer o seu trabalho, uma vez que não há salário que aguente a enorme subida dos preços da cesta básica, só para ter noção um balde de tomate está no valor de 5 mil kwanzas, nesta fase da pandemia do COVID 19.

Outra preocupação de realce é o incumprimento das principais medidas, para prevenir a doença e a sua propagação, como evitar-se aglomerados com mais de 200 pessoas, uma vez que o aglomerado de pessoas deve ser evitado e tal facto não tem vindo acontecer nestes mercados onde foi possível verificar pela equipa de reportagem do KILAMBANEWS, a falta de proteção como máscaras e luvas por parte de vendedores e clientes.

E no âmbito da prevenção contra o Covid-19, o Governo Provincial de Luanda prevê criar, nos próximos dias, centros de acolhimento provisórios para albergar crianças, adolescentes, jovens e adultos que vivem na rua.

Para a criação desses espaços, o governador de Luanda, Sérgio Luther Rescova, orientou os administradores municipais a identificarem, imediatamente, lugares nas suas municipalidades.

info@kilambanews.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui