Auto-capacitação em tempos de pandemia

0
10502

“Confinamento”, “isolamento”, “distanciamento social”, “quarentena”, “pandemia”, “Covid-19”, “novo coronavírus”, “assintomáticos” e “cerca sanitária” são algumas das muitas expressões que, hoje, fazem parte da nossa realidade e que de alguma maneira deixamnos assustados, estressados e ansiosos.

Vivenciamos períodos sombrios e um amanhã quase que incerto que, quando não afectam a nossa saúde mental, ao menos nos deixam inquietos. No entanto, estes são momentos em que o que não se deve mudar é a nossa vontade de estar preparado para as oportunidades.

“É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhuma, do que ter uma oportunidade e não estar preparado” – Whitney Young Jr.

Períodos de crise podem nos fazer enxergar “fora da caixa” e alcançar habilidades por via de formação, autodidactismo e auto-capacitação. Como nem tudo é mau de todo e existe sempre o lado positivo até na pior das desgraças que nos acometem, a pandemia trouxe também uma excelente oportunidade para quem é verdadeiramente interessado no seu futuro, na sua carreira, na sua progressão intelectual, formação complementar e aumento das competências técnicas e comportamentais, com a disponibilidade de inúmeras formações gratuitas online.

A formação é o pilar fundamental para o crescimento e desenvolvimento das sociedades modernas, sendo
que uma escolha assertiva na formação é uma aposta valiosa face aos desafios tecnológicos e científicos da
era global, potenciando o sucesso no mercado de trabalho, o alcance de objectivos profissionais e pessoais,
por meio do enriquecimento do curriculum vitae.

“As espécies que sobrevivem não são as mais fortes, nem as mais inteligentes, e sim aquelas que se adaptam
melhor às mudanças” – Charles Darwin.

Vivemos num tempo de rápidas e permanentes mudanças e enormes desafios e a situação actual exige
de nós uma grande capacidade de adaptação, disciplina e resiliência.

Diante da comoção universal gerada pela Covid- 19, diversas instituições de ensino e prestigiadas universidades em todo Mundo adoptaram como medida de prevenção e com vista a minimizar o tédio epreservar a saúde mental, uma gama variada de cursos gratuitos online com certificado em áreas como: administração pública, economia, finanças, educação, ciências humanas, negócios, inglês, literatura, informática, saúde e muitos outros.

Para beneficiar dos referidos cursos, o único requisito transversal e imprescindível é o acesso à internet e um
computador ou um telefone digital. Angola conta com 125 pontos de acesso gratuito à Internet em diferentes locais públicos, resultado do projecto “Angola Digital” (fonte: portal Angop).

Dos 125 pontos de acesso à internet grátis em banda larga, através da rede wi-fi, dez pontos encontram-se instalados no município do Cazenga. Por outro lado, foi criado no colégio público designado 3042 (Angola e Cuba), uma biblioteca digital com acesso gratuito à internet e 47 computadores equipados, permitindo maior
inclusão tecnológica dos cidadãos interessados.

Concomitantemente, Angola conta com oito redes de mediatecas em diferentes províncias, com o nobre objectivo de incentivar o uso de meios informáticos e ser uma fonte para pesquisas nas mais diversas
áreas do saber, visando dotar e elevar o conhecimento da população. O uso dos aparelhos informáticos nas
mediatecas é gratuito para todos, por meio do registo presencial com uma taxa única de 2000 kzs para cobertura dos custos de emissão e produção do “Cartão de Utente” válido por um ano em todas as redes de
mediatecas do país.

Invista em você se autocapacitando com as melhores universidades do mundo e aproveite o lado positivo da pandemia.

Tania J.A. Costa / Consultora de carreira e negócios

Sites e referências online

Links úteis
http://www.mediatecas.gov.ao/ao/ (localização das Mediatecas)
https://www.infosi.gov.ao/ao/infosi/projectos/ (localização
dos pontos de acesso gratuito à internet)


Bibliotecas virtuais
http://www.elivros-gratis.net/
https://www.amazon.com.br/b/?ie=UTF8&node=6311441011


Websites dos cursos gratuitos
A plataforma Nosso Saber é um produto 100% Angolano,
criada em 2020, acessível e com a qualidade que o sistema
de aprendizagem e-learning permite. ( ANGOLA)
https://nossosaber.inapem.gov.ao/site/cursos/
(Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de
Língua Portuguesa (CE-CPLP)
https://www.ifcplp.org/
FGV-Fundação Getúlio Vargas ( Brasil)
https://educacao-executiva.fgv.br/cursos/online
Universidade de São Paulo (Brasil)
https://www.coursera.org/usp
FundaçãoBradesco-Escola Virtual (Brasil)
https://www.ev.org.br/cursos
Harvard University (USA)
https://www.edx.org/school/harvardx
Yale (USA)
https://www.coursera.org/learn/global-financial-crisis
Universidade de Cambridge ( Reino Unido )
https://www.cambridgeenglish.org/learning-english
Universidade de Oxford ( Reino Unido )
https://www.edx.org/school/oxfordx

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here