Função pública sem vagas

0
1839

O Estado angolano esgotou a capacidade de empregar na função pública e vê como saída a criação de postos de trabalho no sector privado nacional e estrangeiro.

A oferta de emprego não é grande e temos de investir no sector privado”, afirmou nesta segunda-feira em Bruxelas, Bélgica, o Presidente da República, João Lourenço.

Segundo o estadista, que falava num encontro com a comunidade angolana no Reino da Bélgica e Luxemburgo, o caminho é a aposta na criação de um melhor ambiente de negócios.

Por via dessa melhoria, o Chefe do Executivo espera que sejam atraídos mais investidores privados e como resultado tragam novos postos de trabalho.

Angola conta com 385.423 funcionários e agentes administrativos, maioritariamente vinculados aos sectores da educação e saúde, 67% do total de efetivos da função pública.

Em janeiro deste ano, o Presidente João Lourenço admitiu que “a função pública tem excedente de trabalhadores”, sublinhando que “para melhorar os salários na função pública deve ser acompanhado da sua redução”.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here