Vice-campeões do mundo são um exemplo para os angolanos

0
490

O Presidente da República considerou, ontem, em Luanda, os vice-campeões do mundo de futebol para amputados “um bom exemplo” de resiliência para todos os angolanos e que a medalha de prata conquistada no Mundial da Turquia sabe a ouro

O Presidente João Lourenço, que se dirigia aos atletas, durante a cerimónia de recepção realizada no Salão Nobre da Cidade Alta, referiu que, apesar de terem saído em segundo lugar no Campeonato do Mundo da Turquia, os futebolistas são campeões.

“Eu nego-me a considerar-vos vice-campeões. Vocês são campeões”, acentuou o Presidente, sublinhando que a presença dos atletas na Cidade Alta não se deve, apenas, a este feito, mas por todas as vitórias por eles conquistadas até aqui.

O Presidente referiu que se se tiver em conta que a selecção foi batida, durante o torneio, apenas uma única vez e que é do seio deles que saiu o melhor guarda-redes do mundo de futebol para amputados, não restará dúvidas de que são campeões.

“Se houvesse alguma medalha acima do ouro, vocês trariam essa medalha. Mas vamos nos contentar com a prata, pois com o ouro sabemos que muito mais vezes trarão essas medalhas para a alegria dos angolanos”, frisou.

O Chefe de Estado disse esperar que eles sirvam de exemplo para que todos os angolanos possam responder, também: “sim”, perante os desafios que encontram na vida, ali onde cada um está a cumprir com o seu papel, com maior ou menor dificuldade.

O Presidente da República ressaltou que essa e outras conquistas da selecção de futebol para amputados vão encorajar os angolanos a superarem os obstáculos com os quais se deparam na vida profissional e na forma de estar na sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui