Trabalhadores do Shopping Cidade da China assistidos em hospitais de Luanda depois de mal-estar

0
392

Quinze trabalhadores do Projecto “Cidade da China”, situado no município de Viana, em Luanda, foram diagnosticados com diarreia e paludismo, na manhã sábado, 21, quando se encaminhavam para as primeiras de trabalho.

Segundo dados em posse deste jornal, tão logo os 15, de 200 trabalhadores do projecto foram diagnosticados com diarreia, a Gestão do Condomínio “Cidade da China” criou meios humanos e rolantes para transferir os doentes ao Hospitais Municipal de Cacuaco e Capacalanca.

Nas unidades sanitárias, foram submetidos a exames médicos, e o empreiteiro ordenado a suspender as obras, até saber os motivos da doença.

Na investigação preliminar, feita no terreno, foi descoberto que o grupo de trabalhadores, havia saído para tomar o pequeno almoço fora da cozinha estabelecida para atender os funcionários, e terá ingerido um alimento mal confeccionado, já que o resto do grupo estava bem.

Ao fim da tarde do mesmo dia, todos os prestadores de serviço tinham sido tratados e recebido alta do hospital.

De acordo com os resultados do relatório dos exames efectuados nos hospitais, alguns prestadores foram diagnosticados com paludismo.

O Centro de Gestão do Condomínio da Cidade da China lembrar que os mosquitos são mais frequentes no verão, e pede aos seus funcionários para terem mais atenção à prevenção de mosquitos e insectos; e apela ao cuidado para aqueles que procuram comida fora do condomínio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui