Samsung vai corrigir um dos maiores defeitos dos seus topos de gama

0
411

A empresa pretende melhorar os sensores de impressões digitais integrados nos ecrãs.

A Samsung fez saber que pretende melhorar os sensores de impressões digitais integrados nos ecrãs dos seus topos de gama, frequentemente alvo de críticas pelo facto de estarem limitados a áreas demasiado pequenas.

Diz o analista de indústria de ecrãs Ross Young ao canal Greggles TV no YouTube que a Samsung pretende aumentar as áreas de reconhecimento destes sensores já a partir do Galaxy Note 20.

Young indica que o dispositivo utilizará a nova tecnologia 3D Sonic Max da Qualcomm, o que permitirá aumentar consideravelmente a área de reconhecimento e até analisar duas impressões digitais em simultâneo.

O analista está também pronto para avançar que o Galaxy Note 20 terá 16GB de RAM, com a capacidade de bateria a estar situada entre os 4,000 e os 5,000mAh.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here