JGM anuncia desistência por dificuldades financeiras

0
2395

O JGM do Huambo, último classificado do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão (Girabola2018), anunciou, hoje, a sua desistência da competição, por incapacidade financeira, não devendo disputar o jogo com o Sagrada Esperança pontuável para a 12ª jornada, agendado para esta tarde no planalto central.

Em declarações à imprensa, o seu presidente e proprietário, Jorge Mangrinha, disse que a direcção da clube está desprovida de verbas para continuar a suportar os encargos no campeonato, sobretudo as deslocações, o alojamento e os prémios de jogos do atletas.

Informou que o clube já remeteu ao Ministério da Juventude e Desporto, a Federação Angolana de Futebol (FAF) e ao Governo da província do Huambo o documento a comunicar a decisão.

Apesar de aguardar o deferimento do mesmo, o responsável confirmou que a sua equipa não vai defrontar esta tarde, no campo do Kurikutelas, o Sagrada Esperança, em jogo a contar para a 12ª jornada o campeonato.

Entretanto, Jorge Mangrinha aventou a possibilidade do clube reatar a sua participação na competição caso surjam instituições públicas ou privadas, assim como pessoas singulares de boa fé que queiram apoiar o colectivo do planalto central.

Com dez jogos disputados no Girabola, o JGM do Huambo ocupa a última posição do campeonato com apenas três pontos. O campeonato é liderado pelo Interclube com 26 pontos.

Fundado a 12 de Maio de 1998, o JGM ascendeu pela primeira vez ao Girabola em 2017, ano em que também havia anunciado a desistência, tendo recuado depois da decisão.

Actualmente a equipa é treinada por uma comissão técnica orientada por Luís Borges, na sequência da demissão, há uma semana, do treinador Águas Zeca da Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui