EGTI ‘aperta’ fiscalização de terrenos no Kilamba

0
4197

A Empresa Gestora de Terrenos Infraestruturados (EGTI) advertiu, esta semana, que vai reforçar a fiscalização das áreas adjacentes à Centralidade do Kilamba e proceder à destruição imediata das lavras ali existentes.

De acordo com responsáveis da instituição, regista-se a uma tendência crescente de ocupação ilegal de terrenos, que são transformados em lavras, em particular junto à Via Expressa (1) e à Avenida Neves Bendinha (2).

Para combater estas práticas, a empresa tem delimitado uma área específica para a continuidade desta actividade, nomeadamente junto à Via Expressa, onde o terreno é vocacionado para a exploração agrícola e suporta o crescimento das comunidades locais.

Os parâmetros para a prática agrícola estão a ser definidos com o apoio do Instituto Nacional de Gestão Ambiental (INGA), e terão carácter de Lei, com a conclusão do Plano Director do Kilamba, em fase de aprovação.

Fonte:Expansão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui