Centralidade do Kilamba pode desabar

0
503

Centralidade do Kilamba corre o risco de desabar dentro de três anos.

De acordo com o jornal O País, que cita a diretora da Unidade Técnica de Gestão e Saneamento de Luanda (UTGSL), Zenilda Mandinga, a Centralidade do Kilamba e a urbanização KK 5000 correm o risco de desabar nos próximos dois ou três anos, porque a Estação de Tratamento de Água Residuais (ETAR) está inoperante e não se faz manutenção na rede de águas residuais e pluviais desde que começou a receber moradores (há 13 anos).

Segundo Zenilda Mandinga, o distrito urbano do Kilamba e KK 5000, no município do Belas, é o mais infraestruturado do ponto de vista da micro drenagem, mas, por conta da inoperância da Estação de Tratamento de Água Residuais (ETAR), não há manutenção na rede de água residual pluvial há 13 anos, isto desde que a centralidade está ocupada. ‘Corre o risco de, dentro de dois ou três anos, perdermos parte da centralidade’, disse a responsável em reunião com o Governo Provincial de Luanda (GPL) sobre o reforço dos trabalhos para a preparação da próxima época chuvosa 2024/2025, tendo como foco a gestão e manutenção das infraestruturas de drenagem da província de Luanda.

Fonte: O país

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui