Tribunal adia julgamento de Carlos São Vicente para Fevereiro

0
1263

Um juiz do tribunal Dona Ana Joaquim decidiu esta quarta-feira,26, adiar o julgamento do empresário Carlos São Vicente devido ao atraso na notificação do arguido e para análise de requerimentos apresentados pelas partes.

Carlos São Vicente, preso preventivamente desde 22 de Setembro de 2020 por suspeita de corrupção, peculato e branqueamento de capitais, seria julgado nesta quarta-feira na 3.ª secção criminal do tribunal Dona Ana Joaquina, mas a sessão foi adiada para o dia 11 de Fevereiro.

Antes do início do julgamento, a defesa voltou a criticar a detenção do empresário luso-angolano.

“Existe um princípio de presunção de inocência que deve ser respeitado” disse aos jornalistas o advogado, François Zimeray, sublinhando que a liberdade é a regra e a prisão deve ser uma exceção.

O advogado salientou que a dignidade “deve ser respeitada” e lamentou que Carlos São Vicente esteja a servir de bode expiatório para as dificuldades do país.

Recorde-se que Carlos São Vicente, marido de Irene Neto, filha do primeiro Presidente de Angola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui