RDC é “livre de repatriar” cidadãos angolanos ilegais em seu território

0
1072

O governo angolano apresentou à imprensa estrangeira o balanço da “Operação Transparência” que tem como missão repatriar cidadãos em situação ilegal no país e visou o repatriamento de cerca de 200 mil congoleses na região das Lundas.

Pedro Sebastião, Ministro de Estado e Chefe da Casa Militar, diz que as tropas vão continuar a controlar as fronteiras e que a operação vai até quando puder.

Questionado sobre a reacção da República Democrática do Congo em repatriar cidadãos angolanos na RDC, Sebastião disse que “as autoridades congolesas são livres de repatriarem cidadãos ilegais no seu território”

A conferência aconteceu este Sábado, 20 de Outubro, na Lunda Norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui