MININT desmente notícias que dão conta da exoneração do Comandante-Geral da Polícia Nacional

0
3486

O Comandante-Geral da Polícia Nacional não colocou o lugar à disposição nem foi exonerado do cargo após o acidente de viação em que esteve envolvido e do qual resultou a morte de duas pessoas, garantiu hoje ao NJOnline fonte do Ministério do Interior (MININT), depois de estas possibilidades terem sido avançadas nas redes sociais e em jornais de Luanda.

A fonte do Gabinete de Comunicação do Ministério do Interior contactada pelo NJOnline garantiu ainda que a alegada exoneração do comissário-geral Alfredo Eduardo Manuel Mingas “Panda”, ou a sua disponibilidade para sair do cargo, são rumores colocados intencionalmente nas redes sociais, embora estes tenham chegado igualmente às páginas de jornais.

Estas notícias e rumores sucederam outras, igualmente dispersas através das redes sociais, dando conta de que o comandante “Panda” estaria alcoolizado na altura do acidente, na passada terça-feira, 23, à noite.

Acidente esse que envolveu a colisão entre duas viaturas, uma das quais conduzida pelo comandante geral da Polícia Nacional, e resultou na morte de duas pessoas, no Distrito do Kilamba, Avenida Comandante Jika, junto ao Shopping Xyami.

Em comunicado, a PN informou, no dia seguinte, que “o acidente ocorreu quando a viatura de marca Mercedes, conduzida pelo Comandante-Geral da Polícia Nacional, transitava em sentido Sul-Norte pela Avenida Comandante Jika, e a viatura de marca Hyunday, saía do interior do Bairro Vila-Flor 1, por um caminho rural para aceder à via principal, tendo provocado o choque entre ambas”.

Do acidente resultaram as mortes do condutor do Hyunday, no local, e de outra ocupante, falecida já no hospital, além do ferimento do comandante “Panda”.

A nota da Polícia Nacional informava ainda que “tendo sido cumpridos todos os procedimentos técnicos e legais em casos de acidentes de viação, o processo corre os seus trâmites junto das instâncias competentes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui