Estudantes exigem enquadramento na escola da Vida Pacífica

0
847

O Movimento de Estudantes Angolanos (MEA) anunciou, nesta terça-feira, a realização de várias manifestações, em Luanda, para exigir o enquadramento dos candidatos não admitidos na Escola da Vida Pacifica, no Zango Zero, município de Viana.

Na base dos protestos, que se iniciaram segunda-feira última como pelo menos 200 jovens, defronte à referida escola, está uma suposta falta de transparência no processo de inscrição e admissão de alunos.

Os manifestantes dizem ter havido critérios duvidosos e casos de suborno em todo o processo para o preenchimento das vagas no presente ano lectivo, cujas aulas se iniciaram há uma semana.

Em declarações à Angop, o presidente da MEA, Francisco Teixeira, disse que as informações de que dispunha apontavam para mais de sete mil vagas disponíveis na instituição este ano.

Entretanto, o director do Gabinete Provincial de Educação, Narciso Benedito, informou a esse respeito, aquando da recente visita da titular da pasta à escola da Vida Pacífica, que estavam matriculados, para o ano lectivo 2019, quatro mil e 820 alunos.

Indicou que mil e 310 são do ensino primário, mil e 890 do I Ciclo e mil e 620 do II Ciclo.

Em face das supostas irregularidades no processo de inscrição dos alunos, o presidente da MEA fez saber que vão recorrer junto da ministra da Educação, Cândida Teixeira, para resolver o problema.

A Angop contactou a directora municipal da Educação de Viana, Madalena Massocole, que disse tratar-se de um assunto da competência das autoridades provinciais.

Contactos feitos nesta terça-feira, com a direcção da escola e com a Direcção Provincial da Educação, para clarificar a questão, resultaram em insucessos.

A Urbanização Vida Pacífica, implantada na zona sul do município de Viana, conta com dois mil 464 fogos habitacionais, distribuídos por 22 edifícios.

O município de Viana, que dista 20 quilómetros do centro da cidade capital, é composto pelos distritos urbanos de Vila Flor, Zango, Baia, Kicuxi, Estalagem, Vila Sede, além da comuna de Calumbo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui