Covid-19: Polícia promete ser mais vigorosa a partir de hoje

0
1234

A Polícia Nacional promete, a partir de hoje, ser mais vigorosa contra os cidadãos que não cumprirem o Decreto Presidencial sobre o Estado de Emergência, garantiu, ontem, em Luanda, o porta-voz da Comissão de Defesa e Segurança, subcomissário Waldemar José.

Ao falar à imprensa, na habitual actualização de dados sobre a pandemia da Covid-19 em Angola, o porta-voz disse que as forças de defesa e segurança deixam de ser, a partir de hoje, “pedagógicas” para serem mais pró-activas. “Não vamos tolerar qualquer cidadão que desobedecer as medidas impostas pelo Decreto Presidencial, que pode colocar em risco o bem mais importante, que é a vida”, alertou o subcomissário Waldemar José.


O porta-voz da Comissão de Defesa e Segurança manifestou desagrado pelo facto das celas estarem cheias de cidadãos que desobedeceram e resistiram às orientações pedagógicas dos agentes distribuídos nas várias zonas habitacionais. O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, anunciou, ontem, a recuperação de mais um paciente infectado com Covid -19, elevando-se para sete o número de recuperados. 

De acordo com o secretário de Estado, dois tiveram alta médica e há 18 activos com estabilidade clínica. Franco Mufinda afirmou que o país mantém 27 casos positivos e registou sete recuperados, dois óbitos e 18 internados no Hospital da Barra do Kwanza e na Clínica Girassol. Informou que 708 pessoas estão em quarentena institucional e 283 amostras em processamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui