INJUSTIÇA SOCIAL E DESORGANIZAÇÃO

0
402

Ontem, quinta-feira, assisti ao programa «Na Lente», da TPA e fiquei muito sensibilizado com as condições salariais dos coveiros e seguranças dos cemitérios. Com efeito, Kz 21.000 (vinte e um mil Kwanzas), menos de $ 100.00 (cem dólares), é um ordenado de miséria. Por pouco lacrimejava. Durante muito tempo, fiquei a reflectir (continuou a fazê-lo) sobre as condições sociais desses profissionais, que auferem ordenados míseros.

Um salário de Kz. 21.000, que, muitas vezes, é concedido com meses e meses de atraso não permite que um indivíduo tenha uma vida digna. Que vida de cão!

Peço à Inspecção Geral do Trabalho para que investigue as razões porque os coveiros e os seguranças dos cemitérios ganham tão pouco e porque motivos os seus ordenados são pagos com muitos meses de atraso.

Se eu fosse o Governador Provincial de Luanda, mandaria instaurar um inquérito sobre as condições salariais dos profissionais referenciados e melhoraria os seus ordenados. Seja como for, eles têm direito subsídio de risco, que permitiram aumentar os seus ordenados.

É incrível que o valor de uma muita por mau estacionamento de uma viatura ser superior ao ordenado de um coveiro ou de um segurança de um cemitério. Sinceramente!… Que injustiça social! Que falta de sensibilidade! O amor ao próximo é sempre importante!

Não consigo compreender o facto de os coveiros trabalharem há mais de cinco anos e não serem trabalhadores efectivos do Governo Provincial de Luanda? Por causa dos vários salários de miséria e por outras razões, gostava de saber do custo da viagem do Presidente da república a Portugal, de modo a reflectirmos sobre as condições económicas do País.

À parte das questões sociais mencionadas, as imagens apresentadas pelo nosso canal público de televisão deram-me a ideia de que os cemitérios estão desorganizados.

Já visitei alguns cemitério!, em alguns países. Será que podemos ter cemitérios mais bem organizados, como podem ver nas fotos que apresento, em anexo?

Pela justiça social e em nome do amor ao próximo,

José Carlos de Almeida (Joseca Makiesse)
e-mail: jca@yahoo.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here