Joana Lina Inaugura Busto de Agostinho Neto no Kilamba

0
3120

A Governadora de Luanda, Joana Lina Baptista Ramos Baptista Cândido inaugurou nesta quinta-feira, 17 de setembro, na cidade do Kilamba, o busto do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, o nacionalista e poeta maior, que também é conhecido por KILAMBA. O busto-monumento, erguido na Alameda Dr. António Agostinho Neto, que se propõe a ser uma atração turística, é uma oferta da Fundação Dr. António Agostinho Neto.

Sua Excelência Governadora Provincial de Luanda, ao longo da sua intervenção, pediu aos munícipes que cuidem bem deste monumento que simboliza a grandeza do primeiro Presidente de Angola.

O ponto mais alto da visita de Joana Lina, foi o descerramento do Busto de Neto, o “KILAMBA”, cujo nome simboliza a cidade onde foi erguida. Esta é considerada, não só pela Governadora, mas também pelas entidades que testemunharam o acto, como uma das melhores homenagens feitas ao Dr, António Agostinho Neto em torno daquela centralidade.

O Administrador do Distrito Urbano do Kilamba, Murtala Marta, agradeceu a Fundação Agostinho Neto e, no seu discurso, pediu a colaboração de todos e apelou aos munícipes, que façam o bom uso do local e que o mesmo sirva como lugar de inspiração, pesquisa, estudo e lazer. “É com elevada honra que, em nome dos munícipes da cidade do Kilamba, funcionários dos diversos sectores que trabalham nesta linda e bela cidade, e em meu nome próprio, agradeço a presença de sua Excelência senhora governadora e de todas as de todas entidades presentes”, manifestou o Murtala Marta.

 O acto esteve circunscrito às as celebrações comemorativas do Dia do Herói Nacional. Desde a sua abertura para utilidade residencial, a centralidade do Kilamba não tinha um elemento referencial que ilustrasse a figura que origina o nome que que identifica aquela divisão administrativa, facto que já faz parta do passado, com a inauguração do busto de Agostinho, que reúne condições para ser um ex-libris daquela localidade.

O Kilamba é a primeira centralidade construída no país, pelo executivo, no âmbito do Programa Nacional de Urbanismo e Habitação, com cerca de 715 edifícios construídos na primeira fase, adicionados com 170 edifícios na zona sudeste (kk5000), onde habitam mais de 120 mil cidadãos.

Fonte: Gabinete de Comunicação e Imagem da Administração do Distrito Urbano do Kilamba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here