EUA impõem restrições de visto a Isabel dos Santos

0
1692

O Governo norte-americano decidiu impor restrições de visto a Isabel dos Santos como parte de um pacote de medidas anti-corrupção anunciado na quarta-feira, 12 de dezembro, pelas autoridades.

Isabel dos Santos foi submetida a restrições “por seu envolvimento em corrupção significativa ao desviar fundos públicos para seu benefício pessoal”, disse Antony Blinken, o secretário de Estado dos EUA, em comunicado.

Sob restrições de visto, os EUA podem negar a entrada de cidadãos estrangeiros que as autoridades suspeitem estarem envolvidos em ações significativas de corrupção.

Isabel dos Santos, ao contrário dos generais Leopoldino Fragoso do Nascimento (Dino) e Hélder Vieira Dias (Kopelipa) não foi submetida a sanções financeiras.

Isabel dos Santos fica sujeita a restrições “por seu envolvimento em corrupção significativa ao desviar fundos públicos para seu benefício pessoal”, disse Antony Blinken, o secretário de Estado dos EUA, em um comunicado.

A empresária foi, até 2017, presidente da Sonangol. Em Portugal teve interesses na Nos e no banco BIC e era também a acionista maioritária da Efacec.

Isabel dos Santos saiu de Angola em 2019 e desde então tem permanecido numa espécie de exílio, passando a maior parte do tempo no Dubai. Esta quarta-feira, o Governo dos Estados Unidos anunciou também ter imposto sanções, incluindo o congelamento de todos os ativos, que os generais angolanos Dino e Kopelipa têm no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here