Agente mata namorada a tiro e suicida-se

0
947

Um homem, de 25 anos, efectivo do Departamento de Investigação de Ilícitos Penais (DIIP) da Polícia Nacional (PN), matou a namorada, de 18 anos, com um tiro de revólver na cabeça. A jovem teve morte imediata. O agressor suicidou-se, também com um tiro na cabeça.

A tragédia ocorreu ao início da noite deste domingo, 09, bairro do Tala Hadi, município do Cazenga, quando o efectivo da DIIP, depois de uma discussão, tirou a arma da cintura e efectuou dois disparos sobre a namorada e em seguida suicidou-se.

O homem ainda foi encontrado com vida e socorrido para o Hospital dos Cajueiros no bairro do Zamba I, mas não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer no interior da unidade hospitalar.

Fonte ligada ao processo disse ao Novo Jornal que “o homem ficou furioso e teve uma discussão com a namorada após ver mensagens de outro homem no telemóvel da jovem, mas ninguém pensou que acabasse desta forma”.

Cerca das 17:45, uma amiga, e vizinha do agressor, ligou para Polícia Nacional porque começou a ouvir gritos no interior da habitação do efectivo da DIIP.

Quando a PN chegou, os vizinhos já tinham ouvido disparos. O Serviço de Investigação Criminal (SIC) foi chamado ao local. Os cadáveres foram removidos pelas 20:30.

O caso foi entregue ao SIC-Cazenga, para conduzir as investigações.

FONTE: NJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here