Talento de Nelson Paim em exposição na Galeria Tamar Golan

0
411

O caricaturista angolano Nelson Paím vai apresentar-se na Galeria Tamar Golan com “10 Anos de Caricaturas Made in Angola”, uma exposição individual de caricaturas sobre tela, a inaugurar nesta sexta-feira, 26, pelas 18 horas.

De acordo com um comunicado enviado ao SAPO, a exposição ficará patente ao público até ao dia 20 de Agosto, podendo ser visitada de segunda a sábado, entre as 12h30 e as 19h30, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura, na baixa de Luanda.

Durante os últimos dez anos, diz Nelson Paím, “foram muitos os trabalhos que apresentei em Angola e pelo mundo fora, entre exposições, workshops e o lançamento de um novo livro de caricaturas”. A culminar uma década de criatividade, a Galeria Tamar Golan apresenta agora uma exposição de caricaturas sobre tela, com alguns trabalhos em que o artista se aventura igualmente em pintura digital e carvão sobre papel.

O Artista
Nelson Paím nasceu aos 10 de Agosto de 1990. Mais do que caricaturista, ele é um artista plástico, um profissional do desenho humorístico, da caricatura e do cartoon. Desde 2009 que faz caricaturas e nelas exprime o seu talento e a sua criatividade. Em dez anos de trabalho, participou nove vezes no Festival Internacional de Banda Desenhada – Luanda Cartoon, colaborando de forma regular com as revistas Caras Angola, People e Carga Magazine da Música, entre outros meios de comunicação. Lançou três livrinhos de caricaturas e fez uma tournée em seis províncias, a saber Bengo, Benguela, Huambo, Malanje, Lubango e Uíge.

A Exposição
A caricatura vs. Nelson Paím. O nome “Paím” dá vontade de dar algumas gargalhadas, no bom sentido. É exactamente isso que faz a caricatura: aguça o sentido de humor do observador, leva-o a admitir a distorção, a passagem do normal ao anormal, a transformação de imagens normais em engraçadas, a indução da vontade de rir. Mas atenção, a caricatura pode ser muito mal interpretada por quem não perceber a lógica subjacente. O jovem Nelson Paím vem trabalhando neste estilo há mais de 10 anos, sobretudo em pintura digital, mas desta vez ele mostra-nos o resultado de um desafio, o de pintar as suas caricaturas em tela. Ao longo de uma década, teve sempre como anseio gravar o rosto de alguém em papel branco, imortalizando-o de forma engraçada, por vezes grotesca, lutando a cada dia para conquistar um novo admirador e apreciador do seu trabalho. É bem visível no seu traço uma grande aceitação, até mesmo a nível internacional. Com o seu talento, agrega valor e contribui para o engrandecimento da caricatura no nosso país, estilo ainda pouco consumido, devido a tabus ainda existentes na nossa sociedade.

De realçar que, com esta exposição, o artista luta para afirmar o estilo de caricatura no mercado nacional e poder influenciar outros jovens a seguirem o mesmo percurso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here