Luanda Ganha brigadas de conservação de estradas

0

O Fundo Rodoviário procede nos próximos dias, em Luanda, ao lançamento do projecto de Brigadas de Conservação e Manutenção das Estradas, nos troços Cabolombo-Cabo Ledo, Muxima-Catete-Maria Teresa.

Cabolombo-Cabo Ledo, numa extensão de 100 quilómetros, vai estar disponível 4 brigadas divididas a cada 25 km, de igual modo no percurso Muxima-Catete-Maria Teresa, também será contemplada com 4 brigadas, importa realçar que cada brigada é constituída por 20 brigadistas.

O Fundo Rodoviário, terminou recentemente obras de melhoria na via expressa, a actual avenida Fidel de Castro, que vai até a centralidade do Sequele, e pretende manter estas estradas em bom estado, daí a criação desta brigadas que por enquanto para Luanda estará nos troços mencionados acima.

Em cada troço de 100 quilómetros haverá 80 brigadistas, na sua maioria ex militares, e jovens das proximidades, que já foram selecionados. Entre os trabalhos a serem realizados, por estas equipas especializadas, estão o corte de capim, a limpeza dos órgãos de drenagem, taludes, bermas e reposição da sinalização horizontal e vertical. Para além desses serviços, os brigadistas também têm como missão detectar o surgimento de ravinas, considerado como principal inimigo das estradas.

Para além dos ganhos obtidos pela redução dos custos de conservação das estradas, os serviços das brigadas estão a proporcionar rendimentos às famílias e facilitando a maior fluidez no intercâmbio entre a cidade e o campo e vice-versa.

O Fundo Rodoviário (FR), órgão do Executivo angolano, é responsável pelo Programa Nacional de Conservação e Manutenção de Estradas (PNCME). O projecto de brigadas perspectiva a realização de serviços em 14 mil quilómetros de estradas por todo o país.

Cada uma das 560 brigadas previstas pelo programa contará com 20 membros, totalizando assim 11.200 postos de trabalho.

Share.

Leave A Reply