Sete chineses assassinados em Angola em 40 dias

0
1237

União dos Voluntários Chineses em Angola denuncia mortos, sequestros e roubos

Sete cidadãos chineses foram assassinados em Angola nos últimos 40 dias, dos quais cinco em Luanda e dois em Angola.

A informação foi avançada ao Novo Jornal, de Angola, pelo secretário-geral da União dos Voluntários Chineses em Angola, que denunciou haver mais mortes, sequestros e roubos contra cidadãos chineses.

“Estes só são os casos que chegam à União dos Voluntários Chineses em Angola, e nós não estamos satisfeitos com isso porque ainda há aqueles casos que não são relatados. São muitos cidadãos mortos no país e isso não pode continuar assim”, acrescentou Juan Chanbg.

No entanto, de Março até 2 de Junho, foram registados 15 casos ataques contra chineses em Angola.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here