Rui Falcão alvo de acção em tribunal no Namibe

0
568

Funcionário absolvido em caso de alegado roubo na casa do governador quer uma indemnização

Um funcionário do Governo provincial do Namibe João Mendes Mussungo, de 46 anos de idade, iniciou uma acção em tribunal contra o governador de Benguela e antigo governador do Namibe na qual pede uma indemnização de cerca de 5 milhões de kwanzas.

Mussungo foi preso depois de ter sido acusado de ser o autor do roubo de dois cofres no quarto da residência de Rui Falcão, então governador do Namibe.

O acto teria ocorrido entre 11 e 20 de Novembro de 2016.

O funcionário foi mais tarde absolvido e um dos seus advogados, Salvador Freire dos Santos, da Associação “Mãos Livres”, disse que ninguém está acima da lei e tudo será feito para a responsabilização daqueles de tiveram por sete meses um cidadão inocente.

Segundo a queixa inicial apresentada contra Mussungo, nos dois cofres encontravam-se bens avaliados em mais de 10 milhões de kwanzas.

Na altura foram presos também 15 agentes da polícia nacional que prestavam segurança na residência protocolar do governador, mas todos eles foram libertados 15 dias depois.
Apenas Mussungo foi julgado mas depois absolvido

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here