Petro vence Kabuscorp e iguala o lider

0
120

O Kabuscorp do Palanca foi incapaz de se impor, neste sábado, ante o Petro de Luanda, ao perder , por 1-4, com hat-trick de Tiago Azulão, em jogo da 24ª jornada do Campeonato Nacional da primeira divisão disputado no estádio 11 de Novembro.

A jogar na condição de anfitrião, a turma do Palanca viu-se sem pernas para redimir-se do desaire (0-2) averbado na nona ronda da presente temporada, registando 11 derrotas contra sete do rival nos duelos entre si realizados desde a época de 1998.

Logo de inicio, o Petro deu mostra de perigo, Job isola Tiago Azulão que tinha tudo para abrir o marcador, mas escorregou e o remate saiu fraquinho para defesa fácil de JB.

Neste período, os campeões do Girabola 2013 viam-se sem criatividade para dar seguimento às jogadas, o que lhes obrigava a efectuar várias jogadas recuadas.

Em consequência disto, aos sete minutos, Job cortou uma jogada adversária perto da área e serviu Tiago Azulão, que sem dar hipótese de defesa à JB ,fez o primeiro golo da partida.

O mesmo Job voltou a estar em evidência momentos depois com um cruzarmento que Karanga com golpe de cabeça força JB socar para canto.

A reacção do Kabuscorp surgiu apenas aos 15 minutos, com Amaro a tentar enganar Elber na sequência de um livre de muito longe, mas a bola passou longe do alvo.

Os petrolíferos dominavam o encontro, fruto disso, aos 19 minutos, Tiago Azulão voltou a marcar o segundo em complemento de passe de Caranga.

Inconformado com actuação do plantel do Palanca, o técnico Paulo Torres substituiu Dani por Tresor, aos 22 minutos, visando reforçar o sector ofensivo, mas a equipa voltou a sofrer golo, por culpa de Tiago Azulão que fez o hat-trick aos 38 minutos.

A partir daí, tudo era mais fácil para os visitantes, Toni driblou um oposto e foi empurrado a centímetro da grande área e o juiz, Benjamin Andrade, considerou livre. Chamando a cobrar, Job acertou no travessão, mantendo a vantagem de 3-0 dos tricolores ao intervalo.

No reatamento, o Kabuscorp entrou convicto a inverter o marcador, mas o tento de honra apareceu somente aos 77 minutos, com Dani a aproveitar um passe atrasado de Lami para reduzir a desvantagem (1-3)

Já na recta final Mateus, que entrara no lugar Job (73’), isolou-se já no tempo de desconto, obrigando JB a sair de forma inapropriada da baliza e fez um “chapéu” que selou o marcador para 4-1. a favor do Petro.

Com este resultado o Kabuscorp do Palanca fica na sétima posição com 31 pontos ao passo que o Petro de Luanda cola-se ao líder como os mesmos 48 pontos, mas os militares continuam na liderança por terem vencido o Petro de Luanda, por 2-0, na nona ronda e empatarem no duelo de resposta ante o Kabuscorp (0-0), na 23ª jornada.

Na próxima jornada, o Kabuscorp do Palanca medirá força com Saurimo FC, ao passo que o Kabu visita o Interclube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here