“Gostaria muito de ver os enormes espaços recreativos reabilitados e verdes”

0

Chilala Moco, expôs  recentemente no Kilamba uma exposição fotográfica denominda “Geração Kilamba” onde retrata o dia-a-dia da centralidade do Kilamba e é o perfil da semana do portal KilambaNews.

06-10-17_Perfil da Semana_KN_-02

Há quanto tempo reside no Kilamba?
Há sensivelmente um ano e meio.

Onde viveu antes?
Ali bem pertinho. No Talatona (risos).

As condições sociais do Kilamba, melhoraram o seu rendimento profissional?
Tornou mais longo o meu percurso casa-trabalho-trabalho-caso, mais nem por isso piorou o meu rendimento profissional.

Qual é seu Hobby?
Ler e produzir música. A calmaria do Kilamba ajuda.

Prática desporto no Kilamba?
Tenciono fazer caminhadas regulares.

Aos fins de semana qual é o melhor local para passear com a família no Kilamba?
Gostaria muito de ver os enormes espaços recreativos reabilitados e verdes… enquanto assim não for, sempre temos o Xyami para passear com a família.

Qual é o melhor restaurante da Centralidade?
Até sei qual é o melhor que conheço, mas confesso que não me lembro do nome (risos).

8-A rotina de vida do KIlamba torna às famílias desunidas?
Acredito que aconteça com muitas famílias, sobretudo com aquelas cujo os membros trabalham muito longe da centralidade. Na maior parte dos casos têm de acordar muito cedo, e o regresso a casa é sempre muitíssimo tarde. Isso afecta a estabilidade de qualquer família.

Se fosse administrador do KIlamba o que faria de melhor para cidade?
Olha, eu concentraria-me primeiramente em duas coisas! Primeiro, a construção de um hospital público digno. Não sei quando é que isso vai ser possível em Angola, mas posso garantir que essa seria uma das minhas grandes lutas; em segundo lugar, direcionaria os recursos possíveis para a reabilitação dos espaços recreativos da cidade. O Kilamba tem espaços e parques com estruturas incríveis. Não consigo intender o porque de muitos deles estarem abandonados. O melhor aproveitamento desses espaços só daria mais vida e segurança a centralidade. O Kilamba precisa de mais verde!!!

 

Share.

Leave A Reply