Pais levam filho de 30 anos a tribunal para o fazer sair de casa

0
718

Jovem recebeu cinco notificações dos pais e uma ordem do tribunal. Mesmo assim, diz-se descontente e quer recorrer da decisão.

Foi preciso ir a tribunal para que Michael Rotondo, de 30 anos, finalmente percebesse que estava na hora de sair de casa dos pais.

O jovem foi notificado cinco vezes pelos próprios pais para sair de casa e procurar o seu próprio apartamento. Segundo a CNN, a primeira notificação foi-lhe entregue após uma discussão com a mãe.

Christina e Mark Rotondo consideraram, então, que estava na hora de o filho sair da sua alçada.

“[…] tens de sair de casa imediatamente. Tens 14 dias para fazê-lo. Não terás permissão para regressar. Tomaremos as ações necessárias para que esta decisão aconteça”, escreveram os pais na primeira de cinco notificações. Depois disso, chegaram mesmo a disponibilizar-lhe dinheiro para conseguir arranjar uma casa e deram-lhe ainda conselhos para se conseguir sustentar sozinho.

Michael teimou em não sair e em tribunal alegou que “ainda não estava preparado para se sustentar sozinho e que precisava de mais tempo”.

O juiz do Supremo Tribunal de Nova Iorque não concordou e ordenou a saída imediata de Michael da casa dos pais. O jovem trintão não ficou satisfeito e diz que vai recorrer da decisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here