Cofre roubado da residência do governador do Namibe

0

Quinze polícias presos, mas a acusação não revela a quantia encontrada no cofre.

Quinze agentes da polícia foram presos no Namibe por alegado roubo de um cofre na residência do governador provincial Rui Falcão.

O mistério envolve, contudo, o conteúdo do cofre.

O advogado dos policias António Vaz disse que o conteúdo do cofre “não consta em nenhum auto e ninguém sabe o que continha o suposto cofre”.

“O Ministério Público não revela os valores e muito menos se fala de valores”, disse o advogado, para quem “só se sabe parte desta história”.

Informações não confirmadas dizem que o cofre continha 50 mil dólares e oito milhões de kwanzas

Questionado pela VOA se o queixoso era o governador Rui Falcão,o advogado António Vaz disse que “a parte acusadora é o próprio Ministério Público”.

O advogado afirmou ainda que os seus clientes estão inocentes das acusações e que as suas tarefas implicavam apenas “velar pelo exterior da residência”.

“Eles não têm acesso ao interior da residência e desconhecem se tem cinco quartos, não sabem os compartimentos da residência”, afirmou

Para António Vaz o processo está repleto de irregularidades a começar pelo mandado de captura.

Os detidos, disse, foram notificados “de forma oral, o que não é correcto, e desconhecemos as razões do próprio mandado que exige fundamentação”.

“Numa visão analista em termos de direito isto não é normal”, concluiu o advogado.

O processo foi agora subitamente transferido para a procuradoria militar.

Fonte: VOA

Share.

Leave A Reply