Força Armadas Angolanas terá centro de dados orçados em mais de USD 50 milhões

0
302

Um sindicato bancário vai financiar, com mais de 53 milhões de euros o desenvolvimento de uma solução informática para as Forças Armadas Angolanas, a cargo do grupo português Reditus, segundo um despacho assinado pelo Presidente da República, João Lourenço.

De acordo com o documento, de 27 de Dezembro, citado pelo Lusa, em causa está a terceira fase do projecto para Implantação de Soluções do Centro de Dados e de uma Plataforma de Software, contratado em 2017 pelo Governo à empresa ALL2IT, do grupo português Reditus.

O contrato está inscrito na linha de seguro de crédito à exportação da Companhia de Seguro de Créditos (COSEC) de Portugal, no valor de 62,7 milhões de euros, envolvendo um projecto de comunicações fixas, voz e dados e o desenvolvimento de um centro de dados e de plataforma de software.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here