Faleceu agente que foi agredida pelo ex-marido

0
360

Elsa da Costa, agente da Polícia Nacional, agredida à facada pelo ex-companheiro, há mais de 15 dias, faleceu, ontem, no Hospital Militar Principal de Luanda, confirmou ao Jornal de Angola uma fonte familiar.

A agente esteve internada em estado grave depois de ter sido esfaqueada várias vezes pelo ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento, do qual nasceram dois filhos. Depois da agressão, o ex-marido, também agente da Polícia Nacional, afecto à Escola Nacional de Polícia de Protecção e Intervenção (ENPPI), abandonou a moradia em que vivia, na cidade do Kilamba, e está foragido até hoje.

A agente da Polícia Nacional foi esfaqueada no interior do apartamento da sua mãe, também localizado na cidade do Kilamba, para onde foi viver depois da separação.

O ex-marido entrou no apartamento na madrugada de uma quarta-feira, pela lavandaria, tendo escalado até ao segundo andar, por cuja via chegou à sala, onde esfaqueou a ex-mulher em várias regiões do corpo.
Quando agentes da Polícia Nacional chegaram ao local, o agressor já tinha desaparecido. Fotografias do agressor foram colocadas nas redes sociais, supostamente por amigos e familiares da vítima, para que a população colabore na divulgação das imagens com vista à detenção do ex-marido de Elsa da Costa.

Depois de agredir a ex-mulher, o indivíduo abandonou o local da forma como entrou, após ter reparado que uma irmã da vítima havia saltado de uma das janelas do apartamento com o aparente objectivo de salvar a própria vida e pedir socorro aos vizinhos.

A agente Elsa da Costa, que estava destacada no Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais Osvaldo Serra Van-Dúnem, em Luanda, de acordo com uma irmã, chegou a fazer várias queixas, mas sem sucesso, à Polícia, porque recebia ameaças de morte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here