Empresa que descobriu falha no Facebook vai fechar

0
1335

Informação está a ser avançada pelo Wall Street Journal.

A empresa de recolha e análise de dados que está no centro da polémica envolvendo o Facebook vai fechar portas.

Reporta o Wall Street Journal, que cita gestores ligados à empresa, que tanto SCL Group como a sua consultora Cambridge Analytica vão fechar. Em concreto vão encerrar os escritórios nos EUA.

A Cambridge Analytica é a empresa que recolheu sem autorização dados de utilizadores de Facebook, dados esses que terão sido usados pela campanha de Donald Trump nas presidenciais norte-americanas.

Os dados foram recolhidos sem consentimento de utilizadores e serviram depois para a criação de um programa informático que tinha como objetivo influenciar o voto dos eleitores.

Recorde-se que, em março, a empresa já tinha suspendido o seu líder-executivo, Alexander Nix (na imagem). Agora, é o próprio SCL (Strategic Communication Laboratories Group) e a Cambridge Analytica que vão deixar de operar. Nigel Oakes, dono do SCL Group, confirmou à mesma publicação que o encerramento deve-se à perda de clientes e a despesas com questões legais.

O escândalo provocado por este caso teve impacto na notoriedade e valor em bolsa do próprio Facebook, o que levou Mark Zuckerberg a reagir ao caso, lamentando a falha por parte da rede social na supervisão sobre como seriam usados os dados de utilizadores. Mark Zuckerberg teve também de depor perante o senado norte-americano na sequência deste caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here