Torneio de tennis solidário arranca no próximo dia 6 de Dezembro em Luanda

0

O Open 11 de Novembro, Torneio de Ténis, decorre de 6 a 10 de Dezembro no Clube de Ténis de Luanda e conta com jogadores de todo o país, sob o lema Inclusão Social. O Torneio de Ténis pretende divulgar este desporto e levar a que cada vez mais pessoas o pratiquem e, como objectivo, que Angola descubra campeões mundiais. Os jogadores distribuem-se por três classes: juvenis SUB12, séniores SUB14 e veteranos, num total de 80 atletas em campo.

 O primeiro a nível nacional, o torneio tem como objectivo captar mais praticantes, contando com os inúmeros jogadores que a modalidade conta já em solo nacional, que em campo, partilharão o seu saber, a sua destreza e técnica, alavancando a motivação da sociedade por uma Angola mais desportista. O tema da inclusão social é um pilar fundamental para o desenvolvimento, sobretudo incentivando os mais jovens a praticar desportos cujas regras naturalmente os preparam para a convivência futura seja na sociedade, seja no mercado laboral.

O OPEN 11 DE NOVEMBRO, que decorre de 6 a 10 de Dezembro no Clube de Ténis de Luanda, é projecto que tem vindo a ser discutido há sete anos por algumas pessoas ligadas ao ténis em Angola, arranca com três categorias nomeadamente, juvenis com 32 atletas, séniores com 16 atletas e veteranos com 32 atletas respetivamente. Os atletas a participarem são de equipas de Luanda, Benguela e Lunda-Norte e as inscrições terminam dia 1 de Dezembro.

Este torneio, também com cariz solidário, veio para ficar e quer-se tornar-se oficial e mais tarde internacional. O objectivo, promovendo a prática desta modalidade desportiva, é revelar ao mundo angolanos vencedores de torneios mundiais.

O ténis em Angola podia estar numa fase mais avançada, madura e organizada, pois o país tem atletas que têm participado em campeonatos internacionais nomeadamente: Eduardo Morais; Fernando André; Danilson Campos, Baltazar Roque e outros.

O OPEN 11 DE NOVEMBRO é organizado pela ROVIC – Divisão de Desporto, assumindo-se com um motor que possa estimular, a par da Federação Angolana de Ténis, mais praticantes e dar o seu contributo de forma a manter a chama do ténis viva e tentar igualmente impulsionar esta grande modalidade.

A «International Tennis Federation» refere que o Ténis, por se constituir um desporto democrático, onde todos podem jogar juntos, independentemente do biótipo, sexo e idade, é um desporto passível de ser praticado durante toda a vida, facto que contribui para tornar o praticante num indivíduo mais saudável. O Ténis é um desporto popular jogado a todos os níveis e por jogadores de todas as idades, que enfatiza aspectos como a concentração, tomada de decisões rápidas e o pensamento estratégico, o que faz deste desporto um exercício com uma forte componente mental.

Promover ganhos motores, sociais e emocionais que se podem prolongar pela vida futura, bem como os valores éticos aprendidos e praticados em campo também são importantes: respeito às regras e ao adversário, cooperação e bom senso. O Ténis é uma actividade desportiva para a vida inteira, agradável de praticar e de aprender, sendo a sua prática, tão rica e variada, proporcionando a todos situações didácticas que solicitam todas as dimensões da motricidade e da personalidade. O Ténis confronta o praticante com a necessidade de fazer escolhas estratégicas de gestão de tempo e de espaço, num quadro extremamente motivador.

Share.

Leave A Reply