Bolsonaro: “Meu Governo será defensor da Constituição, da democracia e da liberdade”

0
368
Brazilian presidential candidate Jair Bolsonaro (PSL), speaks during the second presidential debate ahead of the October 7 general election, at Rede TV television network in Sao Paulo, Brazil, on August 17, 2018. , / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Presidente eleito do Brasil com 55, 49 por cento dos votos

O Presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, prometeu que o seu Governo será um “defensor da Constituição, da democracia e da liberdade”, no discurso de vitória lido, em casa, no Rio de Janeiro, e transmitido ao vivo pelas redes sociais.

Bolsonaro falou depois de conhecer os resultados de 96,27 por cento das urnas que lhe davam 55,49 por cento dos votos, contra 44, 51 por cento de Fernando Haddad, do PT.

“Faço de vocês minhas testemunhas de que esse Governo será um defensor da Constituição, da democracia e da liberdade. Isso é uma promessa, não de um partido, não é a palavra vã de um homem, é um juramento a Deus”, afirmou Bolsonaro, garantindo que o seu Executivo “não flertará com o comunismo”.

“Estou muito feliz e missão não se escolhe nem se discute, se cumpre. Nós juntos cumpriremos a missão de resgatar o nosso Brasil”, declarou, afirmando que terá condições de governabilidade e cumprirá todos os compromissos assumidos.

“Temos tudo para sermos uma grande nação. Temos condições de governabilidade dados aos contactos que fizemos nos últimos anos com parlamentares, todos os compromissos assumidos serão cumpridos com as mais variadas bancadas, com o povo em cada local do Brasil que me estive presente”, assegurou Bolsonaro.

Com estes resultados, Jair Bolsonaro sucede a Michel Temer como 38.º Presidente da República Federativa do Brasil.

A posse será a 1 de Janeiro de 2019.

Capitão do exército reformado e defensor da ditadura militar – regime que vigorou no Brasil entre 1964 e 1985 -, Jair Messias Bolsonaro nasceu a 21 de março de 1955 (63 anos) e iniciou a carreira política composições extremas e discursos agressivos em defesa da autoridade do Estado e dos valores da família cristã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here