Aumenta a lepra em Malanje

0
3129

Há falta de medicamentos e técnicos treinados

Os casos de lepra na província angolana de Malanje aumentam e podem tornar a região endémica com incidência nos municípios de Cahombo, Quirima, Luquembo, Malanje (sede), Marimba e Massango.

A situação é agravada pela ausência de remédios há cerca de 2 meses, confirmou o supervisor da patologia, Sousa Augusto.

Dos mais de 40 pacientes infectados nos anos anteriores foram adicionados, no primeiro semestre do ano, 22 novos diagnosticados por meio dos sinais clínicos por falta de laboratórios para verificações científicas.

“É alarmante que neste preciso momento (até Junho) estamos com 49 casos, e não o número real porque se formos aos lugares onde há incidência de casos poderíamos encontrar mais”, advertiu Augusto.

“E estamos com desfalque de medicamentos a caminho de 2 meses”, acrescentou

A acrescentar a esta realidade, a maioria dos técnicos de combate à lepra nos municípios perdeu as práticas de tratamento da doença, as organizações não-governamentais deixaram de financiar projectos de formação de especialistas e o programa provincial não possui qualquer meio de transporte para controlo

Sousa Augusto alerta para a eminência de novas infecções em qualquer localidade de Malanje, tendo em relevância o grau de desenvolvimento da enfermidade em 15 pacientes sem qualquer medicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here