Adolescente tenta suicidar-se no Kilamba

0
881

Uma adolescente, de 14 anos de idade, tentou na quinta-feira atirar-se do quarto andar de um prédio da Centralidade do Kilamba, município de Belas, mas foi persuadida por efectivos do comando de Luanda do Serviços de Protecção Civil e Bombeiros a desistir.

Os bombeiros foram alertados por vizinhos e rapidamente deslocaram-se ao local, impedindo que a adolescente se atira-se da varanda do apartamento.

O porta-voz dos bombeiros, em Luanda, Faustino Minguês, disse hoje, sexta-feira, à Angop que a adolescente foi trancada no apartamento pelos pais e o resgate só foi possível depois de um diálogo aturado na presença dos encarregados de educação.

A criança apenas dizia que “não queria mais ficar nesta casa”, revelou o responsável.

Este é o primeiro caso registado este ano, mas em 2018, em Luanda, registaram-se mais de 10 casos de tentativa de suicídio, envolvendo menores e adultos, em edifícios, viadutos, disparos com arma de fogo e enforcamentos.

Contactada para opinar sobre o assunto, a psicóloga clínica Sandra Macedo disse que o adolescente age por impulso.

“ São comportamentos suicidas para fugir de determinadas situações que muitas vezes acabam em morte, por este facto deve existir o dialogo permanente entre os pais ou encarregados de educação e a família”, sustentou.

Acrescentou que a maioria das adolescentes apresenta um quadro depressivo, que a família geralmente não nota.

Dados da Organização Mundial da Saúde indicam que em cada 40 segundos suicida-se uma pessoa em todo mundo e são registadas cerca de um milhão de mortes por ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here